A verba disponível para o programa Capitalizar está quase esgotada. Pelas contas do ministro da Economia, cerca de 80% dos 1.600 milhões de euros disponibilizados para este ano já foram atribuídos a empresas.

Este é um programa que tem como finalidade apoiar a tesouraria e o investimento de empresas, sendo composto por cinco linhas de crédito: micro e pequenas empresas, fundo de maneio, fundo de tesouraria, investimento geral e investimentos projectos 2020.

O crédito às empresas através deste programa permite-lhes aceder a crédito com condições mais vantajosas face às que a banca concede. Podem, por esta via, financiar-se entre 25 mil euros e dois milhões de euros, e com prazos entre três e 10 anos.

Em intervenção proferida no decorrer do Fórum Financeiro de Lisboa, aquele governante anunciou estar previsto no Orçamento do Estado para 2018 “um reforço destes apoios para 2.600 milhões de euros em linhas de financiamento a empresas, com 600 milhões de euros destinados directamente a empresas exportadoras”.

Partilhar: