O crescimento do turismo, impulsionado pela visita de estrangeiros, suportou o aumento do excedente da balança comercial de bens e serviços registado no ano passado, no valor de 900 milhões de euros, divulgou o Banco de Portugal.

A rubrica «viagens e turismo» cresceu 992 milhões (13%), chegando aos 8 831 milhões de euros no conjunto do ano. Sem a componente dos serviços a balança comercial seria negativa.

Neste momento, o turismo já pesa 48,2% das receitas totais das exportações de serviços e 17% do total das exportações (contra 15% registados em 2015), num total superior a 12,6 mil milhões de euros no ano passado, traduzindo um crescimento de 10,7% (ou 1 230 milhões) face a 2015.

Partilhar: