TRÁFICO DE ARTES NO GUADIANA IRÁ VOLTAR EM 2021

Este seria o fim de semana da 5ª edição do Festival do Contrabando, o frenesim, o bulício, a animação e a boa disposição, características das suas três primeiras edições, que milhares de visitantes presenciaram, neste ano atípico irá dar lugar ao “Tráfico de Arte no Guadiana”, um novo formato adaptado aos tempos atuais.

O seu mercado à moda antiga, os seus espetáculos de rua, a sua passagem mística pelo rio Guadiana entre as duas povoações, os sons da música vibrante que o caracterizam, os aromas e cheiros das suas tasquinhas, com todo esplendor de vida a que nos habituou, irão voltar, o cenário pandêmico, a consciência e ética de todos, obriga a ser seguros e resilientes, mas também esperançosos e otimistas, sabendo que no futuro melhores dias virão.

«Em novembro de 2020, a gigante e colorida peça “Lontra – Big Trash Animals”, e o Túnel Memórias do Contrabando foram algumas das peças que o Festival do Contrabando colocou em Alcoutim com o mote do “Tráfico de Artes no Guadiana, foi todo um êxito, para este ano, espera-se repetir o evento nestes moldes, e voltar a surpreender e aumentar o leque de pretextos para visitar este território».

«Em tempos de pandemia apostamos no “Tráfico de Artes no Guadiana”, onde pretendemos trazer expressões culturais e artísticas ao Guadiana, através da criação de autores nacionais, internacionais e locais, permitindo-nos conhecer o horizonte dos nossos limites, possibilitando-nos atravessar novos caminhos de forma a podermos divulgar e valorizar as Artes no Guadiana, associando-as sempre ao tema Contrabando, e potencializando a estratégia de desdobrar estes valores em mais épocas do ano», referiu a autarquia.

«O evento transfronteiriço já é uma marca da identidade Internacional, cultural entre dois povos do Baixo Guadiana, as povoações vizinhas de Alcoutim e Sanlúcar de Guadiana, com base no tema do contrabando, tornou-se um valor estratégico, que permite promover a sua história, o património, a cultura e a memória local, preservada por este festival», acrescentou a Câmara Municipal de Alcoutim.

Para assinalar a data e celebrar a valorização do território, foi lançado um vídeo promocional do “Festival de Contrabando – Tráfico de Artes no Guadiana”, onde será anunciada uma nova data para quando se reúnam as condições de saúde pública e segurança favoráveis, apostando pela paciência e resiliência de todos.

Página de Facebook do Festival do Contrabando https://www.facebook.com/festivaldocontrabando .

Câmara Municipal de Alcoutim

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Ferrovia de alta velocidade entre Faro e Sevilha

Presidente da CCDR Algarve quer ferrovia de alta velocidade entre Faro e Sevilha

Trabalhadores das empresas de distribuição em greve na 6.ª-feira

Trabalhadores das empresas de distribuição em greve na 6.ª-feira

“Moda Tavira 2022” regressa para dinamizar o comércio local

Encontram-se abertas as candidaturas à porta 65 jovem – Arrendamento por Jovens