Taxa de ocupação das unidades turísticas superior a 80%

A taxa de ocupação global média/quarto nas unidades de alojamento algarvias foi, em Junho, de 81,8 por cento, de acordo com os dados mensais provisórios, hoje divulgados pela Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos da Região do Algarve (AHETA). Esta ocupação é semelhante à registada no mesmo mês do ano anterior.

No acumulado do ano, ao longo dos primeiros seis meses regista-se uma subida de 4% na taxa de ocupação, o que indicia que 2017 vai ser um ano turístico ainda melhor do que o anterior que, como se sabe, teve resultados históricos.

No mês de Junho, os mercados que apresentaram maiores variações foram o alemão (+12,2%), pela positiva, e o português, pela negativa (-26,2%).

Por zonas geográficas as maiores subidas ocorreram nas zonas de Tavira (+6,8%), Lagos / Sagres (+4,4%) e Monte Gordo / VRSA (+3,3%). As principais descidas verificaram-se em Vilamoura / Quarteira / Quinta do Lago (-7,7%) e Carvoeiro / Armação de Pêra (-4,1%). Albufeira, a principal zona turística do Algarve, não registou variações face ao ano anterior.

O volume de vendas aumentou 4,2 por cento durante o mês.

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

concurso de fotografia de Lagos

Recuperação de ecossistemas destacada em concurso de fotografia de Lagos

Catorze distritos em aviso amarelo

Catorze distritos em aviso amarelo por causa do calor

REDES_Apoios pecuaria

Apoio extraordinário aos criadores das espécies bovina, ovina, caprina e equídeos afetados pelos incêndios rurais