TAP vai ser a companhia “parceira de transporte aéreo” da JMJ

TAP vai ser a companhia “parceira de transporte aéreo” oficial da Jornada Mundial da Juventude com o objetivo de mobilizar um maior número de jovens peregrinos de todos os continentes, foi hoje anunciado.

A TAP Air Portugal e a Fundação Jornada Mundial da Juventude (JMJ) assinaram hoje um acordo de parceria que torna a companhia “parceira de transporte aéreo” oficial do evento, que vai decorrer em agosto em Lisboa, tendo em vista “facilitar a participação de peregrinos no maior encontro internacional de jovens com o Papa Francisco”, referem as duas entidades, em comunicado.

Com esta colaboração, a TAP Air Portugal irá atribuir aos peregrinos condições de viagem vantajosas nos voos operados pela companhia que aterrem ou descolem dos aeroportos de Lisboa e Porto até 10 dias antes ou depois do início da JMJ, segundo o protocolo.

Citado no comunicado, o presidente da Fundação JMJ Lisboa 2023, Américo Aguiar, afirma que “a parceria com a TAP Air Portugal é importante para mobilizar e facilitar a participação de jovens de outros continentes para a JMJ, permitindo-lhes que se possam deslocar até ao país para testemunharem e viverem este grande encontro internacional”.

Por sua vez, a CEO da TAP, Christine Ourmières-Widener, considera que “desde a sua fundação, há praticamente 78 anos, a TAP está associada aos maiores acontecimentos da história de Portugal”, sendo por isso “incontornável que a TAP seja parceira deste evento com repercussão global”.

A JMJ, considerada o maior acontecimento da Igreja Católica, vai realizar-se este ano em Lisboa, entre 01 e 06 de agosto, com a presença do Papa Francisco e sendo esperadas cerca de 1,5 milhões de pessoas.

Lusa

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

agitação marítima

IPMA coloca sete distritos sob aviso laranja devido à agitação marítima

IMG_7079

Obras do concelho de Faro foram distinguidas com o prémio de arquitetura do Algarve

O-Radar-Social-vai-criar-equipas-tecnicas-multidisciplinares

Aprovada equipa “Radar Social” para apoiar famílias vulneráveis de Castro Marim

Diretor:
Miguel Ângelo Morgado Henriques Machado Faísca
Nº de inscrição na ERC:
124728