Silves apresenta vasto programa de atividades no âmbito do 48.º aniversário do 25 de abril

Os 48 anos do 25 de Abril serão assinalados em Silves através de um vasto programa comemorativo que inclui teatro, música, poesia, um workshop, a apresentação de um livro e uma exposição bibliográfica. O concerto dos UHF “A Herança do Andarilho” é outro dos destaques deste programa. Todos os eventos são de entrada livre.

«Abril é tempo de celebrar os valores da Liberdade e Democracia, pilares essenciais da nossa sociedade, sendo que “Abril em Silves” apresenta uma oferta variada e abrangente permitindo a todas as gerações vivenciar os valores de Abril” afirma Rosa Palma, Presidente da Câmara Municipal de Silves. “No momento em o número de anos de democracia iguala os de ditadura, a autarquia pretende destacar os 48 anos da Revolução de Abril, marco histórico do nosso país que abriu as portas da democracia e da liberdade», pelo que «é intenção do município, através da programação proposta, transmitir a importância e o significado deste acontecimento histórico, em especial junto das camadas mais jovens, não esquecendo nem o percurso nem todos aqueles que lutaram para que, hoje, os ideais e o espirito de Abril continuem a ser uma realidade», reforça a autarca.

E o programa comemorativo começa mesmo pelos mais jovens, com a realização do workshop “Dama de Abril”, por Telma Santos, que decorrerá dia 20 de abril e durante um mês, na Escola Secundária de Silves (ESS).

No dia 21 de abril, a peça “Romance do 25 de Abril”, pelo Teatro Mosca, adaptando o livro homónimo de João Pedro Mésseder e Alex Gozblau, irá mostrar aos alunos do ensino básico como foram os momentos mais marcantes da História recente do nosso país.

A apresentação do livro “Elas estiveram nas prisões do fascismo”, pela URAP – União de Resistentes Antifascistas Portugueses, marcará o dia 22 de abril com duas sessões, uma dirigida à comunidade educativa, pelas 10h25 na ESS, e outra dirigida ao público em geral, pelas 21h00, na Biblioteca Municipal de Silves.

Integrando as comemorações do 14.º aniversário da Biblioteca Municipal de Silves, no dia 23 de abril há, pelas 15h00, Música para Bebés e Crianças e, pelas 18h00, o recital “Pela santa Liberdade”, por Afonso Dias. O dia terminará com o concerto “A substância do tempo”, por Luís Galrito e António Hilário, no Teatro Mascarenhas Gregório, às 21h30.

O programa prossegue no dia 24 de abril, com o concerto “A Herança do Andarilho” que trará a Silves, pelas 21h30, os UHF, num espetáculo imperdível.

O dia 25 de Abril será marcado pela arruada da Banda da Sociedade Filarmónica Silvense, pelas 9h30, em Silves, seguida da habitual Sessão Solene da Assembleia Municipal, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, às 10h00. A partir das 11h45, Luís Galrito será protagonista de um apontamento musical. O programa deste dia culminará com a peça de teatro “Qual a cor da Liberdade”, pelo Teatro Independente de Loures, pelas 15h30, no Teatro Mascarenhas Gregório.

De referir que de 24 de abril a 25 de maio, os Paços do Concelho acolhem a mostra bibliográfica “Livros Não Livres”, que poderá ser visitada das 9h00 às 16h00.

Câmara Municipal de Silves

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

9CCD0B9C-5D13-4D12-B6EA-DD5102230AF1

Taxas Euribor sobem a três e a seis meses e caem a 12 meses

Natal é no Comércio Local Lagos

Lagos vive a magia do Natal com novidades

insta_chegada-do-pai-natal_SBMessines

Pai Natal chega a São Bartolomeu de Messines nos dias 3 e 4 de dezembro