Rede de saneamento de Castro Marim reabilitada para aumentar qualidade da água tratada da ETAR para rega

Arrancaram esta semana os trabalhos de diagnóstico e limpeza de condutas para elaboração de projeto de uma intervenção imediata nos coletores de esgotos, para reduzir as afluências indevidas de água salobra e aumentar assim a reutilização de água tratada, numa parceria concretizada com a Águas do Algarve e com a Tavira Verde.

A rede de esgotos da vila de Castro Marim já é antiga e está próxima ao rio Guadiana, existindo assim várias afluências de água salobra nos coletores de esgotos, que posteriormente são encaminhados para a Águas do Algarve e para tratamento na ETAR de Vila Real de Santo António.

A salinidade nos esgotos faz com que o tratamento de águas seja mais complicado, prejudicando assim a sua reutilização pelo setor agrícola e nos dois golfes do concelho de Castro Marim, uma das medidas da Resolução do Conselho de Ministros para combater a seca na região algarvia que tem de ser cumprida.

Esta intervenção começou com uma campanha de medição da salinidade em vários locais da vila de Castro Marim, com limpeza de condutas e deteção de infiltrações, executada pela Águas do Algarve, através da empresa municipal Tavira Verde que procedeu ao diagnóstico com câmaras de vídeo, financiada pelo Fundo Ambiental.

Uma boa qualidade de água é de extrema importância para a rega e para os campos de golfe, cuja reutilização deve incluir um tratamento terciário de remoção de nutrientes, de poluição microbiológica e salinidade, contribuindo assim no combate à seca que afeta o concelho de Castro Marim e a região algarvia.

Câmara Municipal de Castro Marim

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Habitacao-Cerca-Cemiterio_OCS

Câmara de Lagos abre concurso para nova empreitada de habitação municipal

Hastear-das-bandeiras-1

Praias de Castro Marim voltam a conquistar Bandeira Azul, Praia Acessível e Qualidade de Ouro

Barao-a-Freguesia_OCS-1

Lagos exige desagregação de freguesias

Diretor:
Miguel Ângelo Morgado Henriques Machado Faísca
Nº de inscrição na ERC:
124728