Preço das casas com subidas recorde na zona euro e UE no 4.º trimestre de 2021

Os preços das casas subiram 9,4% na zona euro e na 10% União Europeia (UE), no quarto trimestre de 2021, aumentos que representam novos recordes, divulga hoje o Eurostat.

Na zona euro, a subida homóloga de 9,4% dos preços das casas é a maior desde o início da série, em 2005, e na UE desde o quarto trimestre de 2006.

Face ao terceiro trimestre de 2021, os preços das casas aumentaram 1,9% na zona euro e 2,1% na UE.

Segundo os dados do serviço estatístico da UE, na variação homóloga os preços das casas só recuaram em Chipre (-5,3%), tendo os maiores avanços sido registados na República Checa (25,8%), Estónia (20,4%) e Lituânia (19,8%).

Do terceiro para o quatro trimestre de 2021, as maiores subidas observaram-se na Estónia (6,6%), República Checa (5,7%) e Lituânia (4,7%), tendo a Dinamarca (-4,3%) e Chipre registado as únicas descidas (-3,1%).

Em Portugal, nos últimos três meses de 2021, os preços das casas aumentaram 11,6% face aos três últimos meses de 2020 e 2,7% face ao trimestre anterior.

Lusa

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Catorze distritos em aviso amarelo

Catorze distritos em aviso amarelo por causa do calor

REDES_Apoios pecuaria

Apoio extraordinário aos criadores das espécies bovina, ovina, caprina e equídeos afetados pelos incêndios rurais

FATACIL 2022

António Costa Silva, Ministro da Economia e do Mar, inaugura a FATACIL 2022