Portugal regista 12.234 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou 12.234 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, mais 30 óbitos associados à covid-19 e uma redução significativa dos internamentos em enfermaria, indicou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o boletim epidemiológico diário da DGS, hoje estão internadas 1.300 pessoas, menos 100 do que na quarta-feira, enquanto nas unidades de cuidados intensivos se mantêm 90 doentes, embora nem todos os internamentos se devam à covid-19, podendo ser motivados por outras patologias apesar da existência de infeção com SARS-CoV-2.

O número de casos ativos subiu hoje para 474.019, mais 478 do que na quarta-feira, e nas últimas 24 horas foram dadas como recuperadas 11.726 pessoas, para um total de 2.799.531 desde o início da pandemia.

Os 1.300 doentes internados em enfermaria é o número mais baixo desde 05 de janeiro, quando estavam hospitalizadas 1.251 pessoas.

Das 30 mortes, 11 aconteceram na região de Lisboa e Vale do Tejo, oito no Norte, sete no Centro, duas no Algarve, uma no Alentejo e uma nos Açores.

Por faixas etárias, morreram 21 idosos com mais de 80 anos, sete pessoas entre os 70 e 79 anos, uma entre os 60 e os 69 e outra entre os 50 e 59 anos.

A maior parte dos novos contágios foi diagnosticada na região de Lisboa e Vale do Tejo, com 4.293 infeções, seguindo-se o Centro, com mais 2.812, o Norte (2.128), o Alentejo (1.025), o Algarve (836), a Madeira (637) e os Açores (503).

Desde o início da pandemia, em março de 2020, a região de Lisboa e Vale do Tejo registou 1.166.598 casos e 8.753 mortes.

Na região Norte registaram-se 1.235.070 infeções e 6.474 óbitos e a região Centro tem agora um total acumulado de 498.438 infeções e 3.759 mortes.

O Algarve totaliza 136.105 contágios e 693 óbitos e o Alentejo soma 119.492 casos e 1.180 mortos por covid-19.

A Região Autónoma da Madeira soma desde o início da pandemia 80.044 infeções e 188 mortes e o arquipélago dos Açores 58.944 casos e 94 óbitos.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

Lusa

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

9CCD0B9C-5D13-4D12-B6EA-DD5102230AF1

Taxas Euribor sobem a três e a seis meses e caem a 12 meses

Natal é no Comércio Local Lagos

Lagos vive a magia do Natal com novidades

insta_chegada-do-pai-natal_SBMessines

Pai Natal chega a São Bartolomeu de Messines nos dias 3 e 4 de dezembro