Portugal continental vai continuar em situação de alerta até 30 de novembro

Portugal continental vai continuar em situação de alerta devido à pandemia de covid-19 até 30 de novembro, anunciou hoje o Governo.

Na conferência de imprensa após o conselho de ministros, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, afirmou que a situação de alerta é prorrogada até às 23:59 do dia 30 de novembro.

Portugal continental está em situação de alerta desde o dia 01 de outubro, que terminava no domingo.

A situação de alerta é o nível de resposta a situações de catástrofe mais baixo previsto na Lei de Bases da Proteção Civil.

A pandemia de covid-19 matou, até hoje, pelo menos 4.969.926 pessoas em todo o mundo desde o final de dezembro de 2019, segundo um balanço realizado pela agência de notícias francesa AFP com base em fontes oficiais.

No total, 244.943.060 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados desde o início da pandemia.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.144 pessoas e foram contabilizados 1.087.245 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Lusa

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Habitacao-Cerca-Cemiterio_OCS

Câmara de Lagos abre concurso para nova empreitada de habitação municipal

Hastear-das-bandeiras-1

Praias de Castro Marim voltam a conquistar Bandeira Azul, Praia Acessível e Qualidade de Ouro

Barao-a-Freguesia_OCS-1

Lagos exige desagregação de freguesias

Diretor:
Miguel Ângelo Morgado Henriques Machado Faísca
Nº de inscrição na ERC:
124728