Pescadores portugueses podem capturar mais 4.760 toneladas de sardinhas

O Governo determinou que a frota nacional vai ter a possibilidade de pescar mais 4.760 toneladas de sardinhas, ao longo do ano.

A decisão foi publicada em Diário da República, esta Terça-feira, 1 de Agosto, sob a forma de um Despacho da Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

No documento, refere-se que, no início do ano, e “seguindo a abordagem de precaução recomendada pelo Conselho Internacional para a Exploração do Mar (CIEM), Portugal e Espanha definiram um total de capturas de 10 mil toneladas de sardinha até 31 de Julho de 2017, 6.800 toneladas das quais a capturar pela frota portuguesa.”

Agora, os dois países resolveram definir para os restantes meses do ano uma quota máxima de 7 mil toneladas, 4.760 das quais para a frota portuguesa. Trata-se de “uma abordagem responsável na gestão do recurso”, enquanto se espera por uma nova avaliação do estado do recurso pelo CIEM, que deverá ser conhecida em meados de Outubro.

Às 4.760 toneladas agora definidas é acrescida a quantidade de sardinha da quota fixada até 31 de Julho que não utilizada ou deduzidas as quantidades capturadas em excesso.

 

 

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

concurso de fotografia de Lagos

Recuperação de ecossistemas destacada em concurso de fotografia de Lagos

Catorze distritos em aviso amarelo

Catorze distritos em aviso amarelo por causa do calor

REDES_Apoios pecuaria

Apoio extraordinário aos criadores das espécies bovina, ovina, caprina e equídeos afetados pelos incêndios rurais