Ocupação por quarto no Algarve sobe em outubro para 72,7%

A ocupação média por quarto no Algarve atingiu, em outubro, 72,7%, número que ficou 4,8 pontos percentuais acima do valor registado no período homólogo de 2022, revelou hoje a principal associação hoteleira regional.

Segundo a Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), o valor alcançado em outubro ficou 2,3 pontos percentuais abaixo do obtido em outubro de 2019, antes da atividade turística ter sido afetada pela pandemia de covid-19.

Os mercados emissores de turistas que mais contribuíram para a subida homóloga alcançada no mês passado foram o alemão (mais 1,7 pontos percentuais), o irlandês (mais 0,6 pontos percentuais) e o norte-americano (mais 0,5 pontos percentuais), assinalou a AHETA num comunicado.

Quanto às zonas geográficas, as principais subidas foram registadas em Monte Gordo/Vila Real de Santo António, onde o crescimento foi de 13,7 pontos percentuais, em Carvoeiro/Armação de Pera, com uma subida de 12,6 pontos percentuais, e em Tavira, com mais 0,8 pontos percentuais na ocupação, comparativamente com julho de 2022, referiu a associação empresarial algarvia.

A AHETA indicou que “a estadia média foi de 4,5 noites” e teve um incremento de 0,6 pontos percentuais face ao registo alcançado em outubro de 2022.

“As estadias médias mais prolongadas foram as do mercado dinamarquês, com 7,1 noites e do mercado neerlandês, com 6,5”, observou ainda a associação hoteleira.

Lusa

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

NOTICIA_GRUPO_CONFERENCIA´24

Desafios e oportunidades do Parque Natural Marinho do Recife do Algarve – Pedra do Valado

bolos8377_OCS

Estão abertas as inscrições para a 35ª Arte Doce

dia-do-brincar-2024

Insufláveis abertos à população nos dias 28 e 29 de maio para comemorar o Dia Internacional do Brincar

Diretor:
Miguel Ângelo Morgado Henriques Machado Faísca
Nº de inscrição na ERC:
124728