Municipio de Silves renova protocolo com a Viver Serra – Associação para a Protecção e o Desenvolvimento das Serras do Barlavento Algarvio

O Município de Silves renovou hoje, dia 16 de junho, o protocolo de cooperação com a Viver Serra – Associação para a Protecção e o Desenvolvimento das Serras do Barlavento Algarvio. O acordo prevê a atribuição de um valor anual de 19.856,35 euros, de apoio à realização de atividades no domínio de ordenamento e gestão florestal e da defesa da floresta contra incêndios. O acordo comtempla ainda a cedência da utilização gratuita e temporária da antiga escola primária de Odelouca.

De salientar que esta renovação de protocolo, advém do histórico de competências já atribuídas à Viver Serra – Associação para a Protecção e o Desenvolvimento das Serras do Barlavento no domínio florestal, enquanto entidade gestora de Zonas de Intervenção Florestal (ZIF´s) e tendo em conta a sua constituição, igualmente em enquanto entidade gestora das Áreas Integradas de Gestão da Paisagem (AIGP,s) do Vale do Odelouca, do Falacho e Enxerim, e da Nova Serra e a complexidade subjacente à sua operacionalização e gestão (5253 hectares).

Recorde-se que as AIGP´s resultam de uma nova dinâmica florestal emergente após o grande incêndio que devastou a Serra de Silves e Monchique, no Verão de 2018, assente num novo Instrumento de Gestão Territorial (IGT), o Plano de Reordenamento e Gestão da Paisagem da Serra de Monchique e Silves (PRGPSMS) que determinou a criação de Áreas Integradas de Gestão da Paisagem (AIGP´s) e que, nesse âmbito, o Município de Silves propôs e viu aprovadas pela tutela 3 AIGP, indicando a Viver Serra – Associação para a Proteção e o Desenvolvimento das Serras do Barlavento Algarvio Serra como entidade gestora com responsabilidade em operacionalizar as respetivas operações Integradas de Gestão da Paisagem (OIGP`s). As Áreas Integradas de Gestão da Paisagem (AIGP) visam uma abordagem territorial integrada para dar resposta à necessidade de ordenamento e gestão da paisagem e de aumento de área florestal gerida a uma escala que promova a resiliência aos incêndios, a valorização do capital natural e a promoção da economia rural. Nestas áreas serão criadas as condições necessárias para o desenvolvimento de Operações Integradas de Festão da Paisagem (OIGP) a executar num modelo de gestão agrupada da responsabilidade de uma entidade gestora e suportada por um programa multifundos de longo prazo que disponibiliza apoios ao investimento inicial, mas também às ações de manutenção e gestão ao longo do tempo e a remuneração dos serviços dos ecossistemas aos seus proprietários. Estas áreas são até há data, as únicas aprovadas e em fase de operacionalização no Sul do país.

Câmara Municipal de Silves

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Habitacao-Cerca-Cemiterio_OCS

Câmara de Lagos abre concurso para nova empreitada de habitação municipal

Hastear-das-bandeiras-1

Praias de Castro Marim voltam a conquistar Bandeira Azul, Praia Acessível e Qualidade de Ouro

Barao-a-Freguesia_OCS-1

Lagos exige desagregação de freguesias

Diretor:
Miguel Ângelo Morgado Henriques Machado Faísca
Nº de inscrição na ERC:
124728