Município de Lagos renova apoio ao associativismo cultural

A Câmara Municipal de Lagos aprovou ontem o pacote de auxílios financeiros e logísticos a atribuir no ano em curso às associações culturais e recreativas do concelho. Um conjunto de 30 agentes culturais irão receber cerca de 700 mil euros, valor global dos subsídios destinados a apoiar 72 projetos e iniciativas a realizar nesta área.

A atribuição de apoios pecuniários e de caráter logístico às associações locais que desenvolvem a sua atividade em prol da comunidade, da criação artística, da preservação das tradições e identidade cultural local, contribuindo para a dinamização do concelho e valorização da sua oferta de animação, está prevista no Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo Cultural. Este programa aposta no fomento dos mais variados eixos de atividade cultural, abarcando, entre outras, a música popular, os grupos corais, as escolas de música e dança, as artes teatrais e performativa, o artesanato e o colecionismo.

Das candidaturas apresentadas e selecionadas, o município destaca a crescente preocupação dos agentes culturais com a formação de públicos, em especial o público juvenil, expressa em vários projetos a dinamizar em contexto escolar, em articulação com os agrupamentos escolares do concelho.

Dos 710 462,00€ de subsídios a atribuir, uma parte (42 mil euros) destina-se a apoiar a participação de sete coletividades na 4.ª Edição das Marchas Populares, um evento municipal que regressa este ano, nos dias 10 a 12 de junho, à Praça do Infante, após uma pausa forçada pelo contexto pandémico vivido nos anos anteriores.

Para além do apoio financeiro, o município irá ainda auxiliar estas associações ao nível da cedência gratuita de transporte em viaturas camarárias, atribuindo a cada entidade um plafond de quilómetros determinado em função das exigências e especificidades das atividades desenvolvidas.

Câmara Municipal de Lagos

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

2024-072-Festival-Pirata-de-Olhão-2024-site

Piratas ‘invadem’ Olhão de 24 a 27 de julho

Economia portuguesa melhora

Rendas dos novos contratos de habitação sobem 10,6% em 2023 para 7,21 euros/m2 – INE

Diretor:
Miguel Ângelo Morgado Henriques Machado Faísca
Nº de inscrição na ERC:
124728