Município de Lagoa iniciou a substituição da conduta adutora Lagoa – Estômbar – Calvário

O Município de Lagoa iniciou a obra de substituição de uma das principais condutas de distribuição de água no concelho, a conduta adutora Lagoa – Estômbar – Calvário, num investimento de cerca de 650 mil euros, numa intervenção com cerca de oito meses de execução.  

O Município de Lagoa deu início à substituição de uma das principais condutas da rede de abastecimento de água do concelho, com o objetivo de melhorar o sistema de distribuição, diminuir os problemas de manutenção, nomeadamente diminuir as roturas e as perdas de água, bem como reduzir os gastos energéticos, tornando o funcionamento do sistema hidráulico muito mais eficaz.

Assim, esta intervenção, com cerca de 5,2 quilómetros, para além de substituir a conduta velha e degradada, irá renovar cerca de 80 ramais e irá também permitir a correção da rede de distribuição no que às cotas diz respeito, uma vez que não faz sentido o reservatório da Palmeirinha, que está à cota 80, fornecer o de Estômbar Apoiado, à cota 18, que, por sua vez, bomba para o de Estômbar Elevado, à cota 57, quando ambos poderiam ser abastecidos por gravidade.

Esta intervenção realiza-se no âmbito da 1ª Fase da reformulação e otimização do sistema adutor do concelho de Lagoa, onde, para além da substituição da conduta adutora Lagoa – Estômbar – Calvário, está contemplada a substituição de mais duas das principais condutas adutoras do concelho de Lagoa, tais como a Cerca da Lapa – Sesmarias e a Cerca da Lapa – Moinhos/Vale de Milho. Com a substituição destas três condutas adutoras, o Município de Lagoa investe mais cerca de 3 milhões na rede de abastecimento de água do concelho.

Paralelamente, no concelho de Lagoa, encontra-se a decorrer a obra de implementação de mais 47 ZMC´S que inclui 7 Zonas de Pressão Controlada (ZPC´S), no valor de 1 milhão e 700 mil euros, num investimento totalmente financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

“Esta intervenção é fundamental para continuarmos a reduzir as perdas de água no concelho e para prestarmos um serviço de qualidade à população. Intervenções como esta têm um custo elevado e pouca visibilidade, mas são de extrema importância”, considerou Luís Encarnação, Presidente da Câmara Municipal de Lagoa.   

Câmara Municipal de Lagoa

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Captura de ecrã 2024-07-23 181509

Os Bilhetes da 43ª Edição da FATACIL já se encontram à venda

Regata Lagos Palos 3

Regata dos Portos dos Descobrimentos teve partida em Lagos

2024-072-Festival-Pirata-de-Olhão-2024-site

Piratas ‘invadem’ Olhão de 24 a 27 de julho

Diretor:
Miguel Ângelo Morgado Henriques Machado Faísca
Nº de inscrição na ERC:
124728