Município de Lagoa celebra o Dia Municipal para a Igualdade

O Município de Lagoa aderiu uma vez mais às comemorações nacionais do Dia Municipal para a Igualdade, assinaladas a 24 de outubro, sendo promovidas diversas iniciativas que pretendem alertar e sensibilizar para a igualdade de direitos e oportunidades, a não discriminação e a participação cidadã proativa por parte de todas as pessoas concorrendo para as metas do ODS 5 – Igualdade de Género da Agenda 2030 para a sustentabilidade, recorrendo para tal a diferentes expressões artísticas e culturais ao longo do mês de outubro repleto de atividades para públicos diversos.

Visita do Executivo Municipal às escolas do concelho

Estas visitas têm como objetivo proporcionar o diálogo entre os/as jovens e o executivo municipal, conhecer as áreas em que cada um é responsável, o trabalho realizado no município e, acima de tudo, promover uma cidadania participativa, entre os mais jovens. Esta ação decorreu no ano letivo 2021/2022 no âmbito do projeto My Polis nas escolas. O Município de Lagoa, neste ano letivo, pretende alargar esta iniciativa para todos/as os/as alunos/as do concelho de Lagoa.

Espetáculo “SAMOTRACIAS”

Canto de sobrevivência, manifesto de uma horda em movimento, SAMOTRACIAS é o grito de três mulheres que se agarram à sua ânsia de emigrar.

A mais jovem procura enriquecer no estrangeiro. Há também uma mãe viúva que quer fugir a um novo casamento forçado. A mais velha, que passou a sua vida a servir os outros, procura um fim diferente para os seus dias. São três mulheres que querem a mesma coisa: partir.

Esmagadas pela crença num outro futuro, veem o seu propósito desvanecer-se numa viagem cruel. O sonho reduzido ao instinto de sobrevivência. Surge a dúvida, será que têm mesmo o direito de partir?

Teatro Fórum – Suzete faz frete!

Dinamização de uma sessão de formação para os colaboradores/as da Câmara Municipal de Lagoa e outros públicos interessados, com uma metodologia humorada, lúdica, prática, com desafios introspetivos e expansivos e dinâmicas de grupo. A sessão tem uma componente teatral onde é retratada a Suzete, uma mulher como tantas outras, que trabalha, tem família e tem sonhos. É uma mulher da limpeza, com o sonho de ser cantora. Ela desabafa os seus problemas com o público, envolvendo-os na sua história, na esperança de que possam ter a solução para uma relação onde não está feliz e onde nunca teve espaço para ser quem verdadeiramente é. De uma forma divertida e interativa, esta personagem clown cria uma ligação com o público, que se revê nela ou sente compaixão por si.

Os temas a serem retratados são a violência doméstica, o papel da mulher na Família e no Trabalho, discriminação e preconceito, o amor e afeto, inteligência emocional, comunicação assertiva, tendo como principais objetivos:

Sensibilizar para a violência e promoção da resiliência e do amor, de uma forma, leve, divertida e marcante, Fazer perceber que podem sonhar e que podem transformar o seu sofrimento, Fazer perceber que cada um tem papel importante na mudança, Levar a refletir sobre o problema e promover soluções, Fazer perceber o que cada um pode fazer e incentivar a assumirem uma voz ativa, Promover a união e envolvimento à volta das soluções / ações, Estimular o sentido de missão e utilidade social de cada um, Ajudar na tomada de consciência de que é um problema de todos, Ajudar na desmistificação de crenças sobre a violência e suas vitimas, Promover o amor como solução, Aprender a lidar com situações abusivas, Entender como ajudar.

XI Jornadas d´O Companheiro, intituladas “Percursos em Liberdade: o tempo não apaga…”

O objetivo das XI Jornadas é reunir técnicos de demais áreas de especialidade da justiça e de diferentes inserções institucionais visando a integração da pessoa durante e na pós-reclusão, enfatizando a zona do Algarve. Pretende-se também estimular a participação de estudantes de graduação e pós-graduação, permitindo-lhes o conhecimento efetivo das metodologias de atuação em Portugal.

O Companheiro através do Gabinete Sul, concretiza estas Jornadas pelo sétimo ano consecutivo em Lagoa e com a colaboração da Câmara Municipal, atendendo à imensa repercussão de sucesso que as mesmas têm vindo a revelar e de enorme dimensão ao nível nacional; a edição deste ano conta com vários profissionais das mais diversas áreas ligadas a temas atuais da sociedade em geral, onde se poderão discutir vários tipos de intervenção, nomeadamente o Direito, a Psicologia, a Comunicação Social, os Serviços Nacionais de Saúde e de Saúde Local, as Forças de Segurança e Apoio na Comunidade.

Participe das diversas atividades que visam assinalar o Mês da Igualdade, para que esta se celebre não só em outubro, mas ao longo da vida!

Câmara Municipal de Lagoa

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Campanha-solidaria-do-municipio-de-Lagos

Campanha solidária do município de Lagos soma cerca de 1 milhão de visualizações

Oito-distritos-do-continente-sob-aviso-amarelo-devido-a-agitacao-maritima

Oito distritos do continente sob aviso amarelo devido à agitação marítima

Camara-de-Lagos-desagregacao-da-Uniao-de-Freguesias-de-Bensafrim-e-Barao-de-S.-Joao

Câmara de Lagos emitiu parecer favorável à desagregação da União de Freguesias de Bensafrim e Barão de S. João