Lagos acolhe seminário internacional para debater a arquitetura e a magia das palavras celebrada em Lagos

Num verdadeiro encontro de contos e artes da palavra, a Biblioteca Municipal de Lagos Júlio Dantas celebra mais um aniversário com atividades gratuitas para todas as faixas etárias. A 9.ª edição das Palavras Mágicas decorre de 1 a 11 de novembro, apresentando noites de narração, sessões de contos e espetáculos para crianças e uma ação de formação, alargando a oferta cultural às escolas e lares do concelho.

“Nem a Poesia Morre, Nem a Gente Janta” marca a abertura das Palavras Mágicas (1 de novembro, 21h30), com o coletivo RIR (Rui Spranger, Isaque Ferreira e Renato Filipe Cardoso) a apresentar um novo espetáculo de stand-up poetry, percorrendo, numa viagem fantasmagórica, poemas e textos de autores que nem morrem nem saem de cima.

O ator Marcantonio Del Carlo será o protagonista do espetáculo de contos tradicionais “Era Uma Vez…Ou Duas e Três” (3 de novembro, 21h30) e de uma “Ação de Formação de Técnicas de Expressão/Comunicação, Aquecimento e Descontração da Voz” (4 de novembro, 10h00).

Continuando pelos contos noturnos, Sole Felloza e Miguel Gouveia apresentam “Preciosa Palavra” no dia 4 (21h30) e Matia Losego e Antonella Gilardi “Contos entre Vales e Montes” a 10 de novembro (21h30). Para fechar estes dias de narração, Gil Dionísio vai animar o público com o espetáculo “Contos e Lenga Lendas”, num cruzamento entre a música e a intimidade da arte de contar histórias.

O público escolar será outro dos focos das atividades. No caso da Biblioteca, as sessões são abertas ao público em geral até ao limite de lotação da sala, destacando-se “7 Vidas”, pelo Som do Algodão (2 de novembro), “Flores de Livro”, com Cláudia Sousa (3 de novembro), “Kamishibai Ambulante: Momoko, Uma Estória-Viagem ao Oriente”, por Susana Quaresma e Tânia Cardoso (6 de novembro), “Trapos com Histórias Musicais”, com Saphir Cristal e Celso Miguel (8 de novembro), “Estórias Brincásticas”, com Pedro O Brincador de Estórias (9 de novembro) e “O Caçador”, por João Costa (10 de novembro).

Fora de portas, a Biblioteca irá também às escolas do concelho com as iniciativas “Flores de Livro”, “Histórias de Areia: O Gato e o Corvo”, com Pilar Puyana e Fernando Guerreiro, “Trupe de Histórias: Figos”, com Isabel Legoinha e Mara Maravilha, “Estórias Brincásticas” e “Trapos com Histórias Musicais”. Para os utentes dos lares da Santa Casa da Misericórdia de Lagos estão reservadas sessões de “Contos e Lenga Lendas” com Gil Dionísio.

Todas as atividades são de acesso gratuito, podendo consultar mais informações na agenda da página da autarquia ou na versão digital da LAGOS eventos.

Celebre o aniversário da Biblioteca Municipal de Lagos connosco.

Municipio de Lagos.

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

2024-072-Festival-Pirata-de-Olhão-2024-site

Piratas ‘invadem’ Olhão de 24 a 27 de julho

Economia portuguesa melhora

Rendas dos novos contratos de habitação sobem 10,6% em 2023 para 7,21 euros/m2 – INE

Diretor:
Miguel Ângelo Morgado Henriques Machado Faísca
Nº de inscrição na ERC:
124728