Iniciativa vai juntar esta sexta-feira responsáveis locais das sete cidades de Portugal, Croácia e Grécia financiadas por este projeto

A cidade de Faro foi a escolhida para receber, esta sexta-feira, dia 26 de novembro, o evento de encerramento do programa EUKI (Iniciativa Europeia do Clima) Living Streets. Este evento, que terá lugar na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, vai juntar responsáveis locais das sete cidades-piloto financiadas por este projeto: Faro, Óbidos e Torres Vedras; Porec e Krizevci (Croácia); Corinth e Elliniko-Argyroupoli (Grécia).

No âmbito desta iniciativa, os participantes vão partilhar as experiências adquiridas no desenvolvimento dos seus projetos implementados pelas autoridades locais em conjunto com os moradores e terão oportunidade para começar a desenvolver novos projetos no âmbito deste modelo de transformação do espaço público com participação da comunidade.

Recorde-se que a primeira “Living Street” de Faro foi implementada na Rua Caldas Xavier, na sequência de uma candidatura do Município à iniciativa com o mesmo nome, tendo garantido um financiamento de 20 mil euros por parte do programa EUKI do Ministério Federal do Ambiente, Conservação da Natureza e Segurança Nuclear da Alemanha.

Após um processo de participação comunitária que juntou cerca de 50 membros, entre moradores e entidades locais, a primeira fase da intervenção, decidida entre todos, foi implementada e inaugurada no passado dia 20 de julho. A requalificação visou a transformação daquele espaço público, antes quase exclusivamente dedicado ao estacionamento automóvel, num espaço mais verde e de convívio, com novos equipamentos como mesas e bancos, um baloiço, uma mesa de pingue pongue, equipamentos de exercício, uma mesa de xadrez ou floreiras com ervas aromáticas.

Além da intervenção física, a primeira “Living Street” de Faro conta também um plano de atividades que incluem momentos desportivos, culturais, ou direcionados para o meio ambiente, saúde e bem-estar, atividades dinamizadas fundamentalmente por agentes locais e moradores, contribuindo assim para ajudar a promover o sentimento de pertença e as relações de vizinhança.

Tendo em conta esta primeira experiência, o Município de Faro olha com interesse para esta nova forma de repensar o planeamento urbano e a mobilidade, encorajando, ao mesmo tempo, os cidadãos a envolverem-se no processo de tornar as ruas mais vivas e habitáveis.

Para mais informações sobre este evento, consultar o programa em anexo ou contactar a Divisão de Comunicação e Marca através do e-mail comunicacao@cm-faro.pt ou do telefone 289 870 873.

Câmara Municipal de Faro

Partilhar: