O executivo municipal de Faro aprovou a adenda ao protocolo de cooperação no âmbito do programa “Faro. Somos todos”, para entrega de novos vales alimentares no valor de 30 euros aos alunos do concelho com escalão A e B

A autarquia aprovou, em Reunião de Câmara, a celebração de uma adenda ao protocolo de cooperação entre o Município de Faro, a ACRAL (Associação de Comércio e Serviços do Algarve), a ADCZHF (Associação de Desenvolvimento Comercial da Zona Histórica de Faro), a AIHSA (Associação dos Industriais Hoteleiros e Similares do Algarve) e a ACABF (Associação Cultural e Ativista da Baixa de Faro), para apoio aos alunos do pré-escolar e 1.º Ciclo que beneficiem do Escalão A ou B, integrado no programa “Faro Somos Todos”.

Consciente do acréscimo dos encargos financeiros que o encerramento dos estabelecimentos de ensino provoca nos agregados familiares que já viviam numa situação económica mais débil, considerou o Executivo que era fundamental prolongar o apoio anterior, acordado no protocolo de cooperação aprovado no dia 1 de fevereiro, sob a forma de vouchers no valor de 30 euros para entrega aos alunos.

A adenda ao protocolo agora aprovada estabelece a entrega de novos vouchers, de valor idêntico, num valor total de 30 euros, repartidos por 6 vouchers de 5 euros, a 1.570 alunos dos escalões A e B e ensino pré-escolar e 1.º ciclo (total de 47.100 euros), para aquisição exclusiva de bens alimentares (excluindo bebidas alcoólicas) nos estabelecimentos que aderiram à iniciativa “Faro. Somos Todos” que possam operar dentro das medidas impostas pelo Governo. Com esta medida pretende-se, ao mesmo tempo, continuar a beneficiar o comércio tradicional e fomentar a economia circular no concelho.

Recorde-se que a campanha “Faro. Somos Todos”, promovida e lançada pela autarquia a 23 de novembro de 2020, em parceria com a ACRAL, ADCZH, AIHA e OCAB, consiste numa ação de economia circular, na forma de vales de compras, para benefício de consumidores e empresários (comércio, serviços locais e restauração). Dado o enorme sucesso e adesão verificados e tendo em conta as acentuadas dificuldades que se fazem sentir na economia local, a iniciativa foi prolongada até 30 de abril de 2021.

Câmara Municipal de Faro

Partilhar: