Economia cresce 1,9% em termos homólogos e recua 0,2% em cadeia no 3.º trimestre

 O Produto Interno Bruto (PIB) português aumentou 1,9% no terceiro trimestre face ao mesmo período de 2022 e diminuiu 0,2% relativamente ao segundo trimestre, confirmou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os números hoje conhecidos corroboram a estimativa rápida divulgada em 31 de outubro pelo INE, que apontava para uma desaceleração do crescimento homólogo do PIB para 1,9% entre julho e setembro, após ter aumentado 2,6% no trimestre anterior, e para uma contração de 0,2% face ao segundo trimestre, após um crescimento em cadeia de 0,1% no trimestre anterior.

De acordo com as estimativas preliminares das “Contas Nacionais Trimestrais”, “o contributo positivo da procura externa líquida para a variação homóloga do PIB diminuiu significativamente no terceiro trimestre, passando de 1,7 pontos percentuais no trimestre anterior para 0,2 pontos percentuais, observando-se uma acentuada desaceleração das exportações de bens e serviços em volume, com a componente de bens a registar um decréscimo”.

Já as importações de bens e serviços registaram “uma ligeira diminuição em termos homólogos, verificando-se também um decréscimo na componente de bens”.

Lusa

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Habitacao-Cerca-Cemiterio_OCS

Câmara de Lagos abre concurso para nova empreitada de habitação municipal

Hastear-das-bandeiras-1

Praias de Castro Marim voltam a conquistar Bandeira Azul, Praia Acessível e Qualidade de Ouro

Barao-a-Freguesia_OCS-1

Lagos exige desagregação de freguesias

Diretor:
Miguel Ângelo Morgado Henriques Machado Faísca
Nº de inscrição na ERC:
124728