Centro de Recolha Oficial de Animais de Faro já recolheu um total de 1000 animais

Serviço de Veterinária Municipal garante recolha, tratamento e encaminhamento para adoção de animais errantes, programas educacionais nas escolas do concelho e fiscalizações em conjunto com as autoridades no âmbito do bem-estar animal

O Centro de Recolha Oficial de Animais de Faro (CROAF) assinalou na quarta feira passada, dia 15 de maio, a entrada do 1000º animal.

Desde a sua abertura, no dia 16 de janeiro de 2023, deram entrada no CROAF um total de 1.000 animais, entre cães e gatos, por diversos motivos, tais como recolha de animais errantes na via pública, entrega pelas autoridades ou outras entidades parceiras, sequestros sanitários por agressão a animais ou pessoas ou capturas ao abrigo do programa Captura, Esterilização e Devolução (C.E.D.).

No âmbito do programa CED foram esterilizados 468 felídeos, a que acrescem 215 esterilizações de canídeos e felídeos fora daquele programa. Refira-se que, a par das esterilizações efetuadas no CROAF, o Município dispõe de um programa de apoio ao associativismo, através do qual apoia financeiramente associações de proteção animal que intervêm no concelho, permitindo assim que estas, de forma autónoma, também intervenham junto dos animais errantes, nomeadamente através do programa C.E.D..

Para além do programa C.E.D. o Serviço de Veterinária Municipal de Faro, recolhe, trata e encaminha para adoção animais errantes, realiza programas educacionais junto das escolas e outras instituições do concelho e realiza fiscalizações em conjunto com as autoridades no âmbito do bem-estar animal.

Desde a sua abertura, o CROAF entregou, no âmbito de adoções responsáveis, um total de 208 animais, tendo devolvidos às suas famílias 88 animais encontrados perdidos na via pública. A grande maioria dos animais esterilizados no âmbito do programa CED foi devolvido às colónias a que pertenciam.

Câmara Municipal de Faro

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Hastear-das-bandeiras-1

Praias de Castro Marim voltam a conquistar Bandeira Azul, Praia Acessível e Qualidade de Ouro

Barao-a-Freguesia_OCS-1

Lagos exige desagregação de freguesias

IMG-1

Município de Lagoa e ADR lançam a 1ª Pedra da Vila D’ADR – ERPI e SADTítulo

Diretor:
Miguel Ângelo Morgado Henriques Machado Faísca
Nº de inscrição na ERC:
124728