O Auditório dos Paços do Concelho séc. XXI, em Lagos, vai receber, esta quinta-feira, 6 de junho, pelas 14 horas, um workshop que tem como objetivos disseminar o projeto Triangle, sensibilizar os stakeholders para o turismo sustentável, alertar para os riscos das alterações climáticas e os seus impactos no turismo, explicar e desmistificar o conceito de turismo sustentável, demonstrar a viabilidade da implementação de boas práticas nas PMEs e fomentar a colaboração entre atores públicos e privados a todos os níveis.

A iniciativa, organizada pela Câmara Municipal de Lagos e pela Universidade do Algarve, integra-se no âmbito projeto Europeu Erasmus + TRIANGLE e é destinada a empresários, gestores e trabalhadores de empresas do setor turístico, entidades públicas e ONG’s, professores, investigadores e estudantes.

A abertura dos trabalhos será feita por Joaquina Matos, presidente da Câmara Municipal de Lagos, por Ana Freitas, Vice-Reitora da Universidade do Algarve, por João Fernandes, presidente da Região de Turismo do Algarve e por Adão Flores, professor da Universidade do Algarve responsável pelo projeto.

“A sustentabilidade no turismo e certificação, moda ou necessidade?” dá o mote ao primeiro painel, moderado por Adão Flores, em que participam Duarte Padinha (Região de Turismo do Algarve), Luís Duarte (Chefe de Divisão do Ambiente da CML), Margarida Santos (professora da Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo da UALG) e Luís Ledo (Empresário Local).

No segundo painel, subordinado ao tema “Câmara Municipal de Lagos, Da Teoria à Prática, Casos de Sucesso e Boas Práticas” serão apresentados três casos de estudo, designadamente sobre os Hotéis Vila Galé, sobre o grupo Sonel Hotels e sobre a importância dos processos de certificação para o Município de Lagos.

ão deste workshop.

Partilhar: