A taxa de ocupação das unidades de alojamento algarvias foi de 75% em Outubro, o que representa um aumento de 3,1% em comparação com o mês homólogo de 2016.

De acordo com os dados mensais provisório divulgados pela Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), ainda mais positiva para os hoteleiros foi a evolução da facturação que aumentou 9,8%.

Em termos de mercados, o que teve o comportamento mais positivo foi o alemão, que subiu 4,9 pontos percentuais. A este nível, realce ainda para as subidas registadas em mercados com menor expressão, designadamente, o francês, belga, polaco, suíço e irlandês. Pela negativa, mais uma vez, o destaque vai para o mercado britânico (-5,8 pontos percentuais), que foi o que apresentou a maior descida.

Por zonas geográficas, as maiores subidas ocorreram nas zonas de Carvoeiro / Armação de Pêra (+15,3%) e Portimão / Praia da Rocha (+11,1%). Albufeira, a principal zona turística do Algarve, registou uma subida de 3,9%. A única descida a assinalar verificou-se em Vilamoura / Quarteira / Quinta do Lago (-15,0%).

Em termos acumulados, desde o início do ano, a taxa de ocupação quarto regista uma subida de 2,3% e o volume de negócios um crescimento acumulado de 8,9%.

Partilhar: