Em 2017, o Índice de Preços das Propriedades Comerciais (IPPCom) apresentou uma variação média anual de 3,3%,
acelerando 1,3 pontos percentuais (p.p.) em relação a 2016, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Aquele organismo refere, ainda, que “apesar desta aceleração, o aumento observado nos preços das propriedades comerciais em 2017 manteve-se a um nível significativamente menor que o observado nos imóveis residenciais (9,2%)”.

Comparativamente com o Índice de Preços da Habitação (IPHab), “o crescimento dos preços dos imóveis comerciais foi inferior em 5,9 p.p. ao evidenciado pelos imóveis residenciais”. De acordo com as contas do INE, “a diferença registada em 2017 entre o IPPCom e IPHab acentuou-se face ao ano anterior, passando de 5,1 p.p. em 2016 para 5,9 p.p.”.

Partilhar: