O secretário de Estado das Pescas, agora também coordenador na região do Algarve do combate à Covid-19, José Apolinário, visitou ontem o campus do Instituto Piaget de Silves, convertido em Zona de Apoio à População (ZAP) nesta fase da pandemia.

O coordenador da execução das medidas da declaração do estado de emergência na região algarvia foi acompanhado pela presidente da Câmara Municipal de Silves, Rosa Palma, pelo diretor do Instituto Piaget de Silves, Nelson Sousa, e por representantes das outras entidades que têm estado envolvidas nesta resposta à pandemia Covid-19no concelho. Durante a visita, o governante teve oportunidade de percorrer os espaços que agora permitem acolher grupos específicos da população em risco que necessitam de ficar em isolamento e acolher e apoiar, se necessário, elementos das forças da Proteção Civil e do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

A estratégia local para o combate local ao combate à pandemia foi explicada pela presidente da autarquia, realçando os equipamentos e os procedimentos que foram colocados no terreno. O secretário de Estadoreconheceu as boas práticas implementadas e felicitou as entidades envolvidas, realçando que as entidades governamentais estão atentas e disponíveis para continuar a dar todos os apoios necessários.

Com as atividades letivas suspensas, o campus académico de Silves foi equipado, em tempo recorde, com 50 camas, fruto da sinergia de muitas entidades e empresas, públicas e privadas da região. Em caso de necessidade, existe a possibilidade de reforço de mais camas. A cedência das instalações do Instituto Piagetsurge na sequência da decisão da autarquia algarvia de criar três ZAP, de forma a permitir uma resposta rápida em caso de agravamento da pandemia.

A proximidade do campus ao Centro de Saúde de Silves foi um fator determinante na sua transformação numa espécie de hospital de campanha, com a vantagem de tudo ter sido feito para garantir algum conforto adicional a quem ali tiver de permanecer. As outras duas ZAP foram instaladas em Pêra e Armação de Pêra, permitindo, no conjunto das três zonas, disponibilizar uma oferta extra de 180 camas a pessoas em risco.

Nas últimas semanas, estudantes e diplomados das várias licenciaturas (Enfermagem, Fisioterapia e Osteopatia) que são ministradas na Escola Superior de Saúde do campus de Silves têm-se oferecido como voluntários para colaborar nas operações de assistência à população, caso seja necessário.

Na véspera da visita ao campus de Silves, José Apolinário já se tinha deslocado à ZAP instalada na Escola Básica 2.3 Dr. António Contreiras, em Armação de Pera, para proceder à entrega de algum material de proteção, como máscaras e gel desinfetante, e esclarecer a comunidade imigrante local sobre a Covid-19.

Sobre o Instituto Piaget

O Instituto Piaget tem consolidado, ao longo dos seus 40 anos de existência, o ensino superior, a investigação e as áreas de intervenção nas comunidades onde tem os seus campi (4), através das suas Escolas e Institutos (num total de 7 instituições de Ensino Superior em Portugal). O projeto do Instituto Piaget estápresente,desde 1999, nos países lusófonos, tais como: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique.Atento aos problemas das comunidades envolventes nos seus polos de atuação, tem vindo a estabelecer medidas de intervenção com instituições da sociedade civil, criando outras entidades — por sua iniciativa — para agilizar as suas ações e estabelecer pontes entre o Instituto Piaget e a comunidade, através de projetos associados. É o caso da ONGD Agência Piaget para o Desenvolvimento, da NucliSol Jean Piaget, das Edições Piaget, entre outros projetos.

Partilhar: