A Câmara Municipal de Loulé aprovou, em reunião do seu executivo, a abertura de um concurso público de conceção para a elaboração do projeto do Centro de Educação e Cultura de Quarteira.

O valor destinado ao projeto é de 420 mil euros, enquanto que se prevê um investimento total de 7 milhões de euros com a construção da 1ª fase do equipamento.

O júri do concurso contará com elementos indicados pela Câmara e pela Ordem dos Arquitetos Secção Regional Sul. Os três primeiros classificados deste concurso irão receber um prémio pecuniário no valor de 12.500,00€ (1º lugar), 10.000,00€ (2º lugar) e 7.500,00€ (3º lugar). As propostas serão aceites até ao dia 22 de julho.

Segundo comunicado daquela autarquia, a ideia é que “este Centro se torne um polo cultural inovador e de referência na região mas também no contexto nacional, seja ao nível da programação de eventos e espetáculos ou em termos formativos e educativos. Assim, uma das ideias-chave é a aposta no ensino da dança, com o alargamento da formação do Conservatório de Música de Loulé Francisco Rosado a esta área, através da criação de uma escola pública de dança, com a extensão de uma residência para o acolhimento de coproduções e desenvolvimento de projetos de residências criativas”.

Este complexo, que ficará instalado num terreno localizado junto à Avenida Papa Francisco, será constituído por vários espaços, desenvolvidos em 2 fases: centro de espetáculos e residências (1ª fase), escola de dança (1ª fase) e expansão da mesma (2ª fase), biblioteca (2ª fase) e espaços exteriores.

Partilhar: