A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, publicou esta Terça-feira, 2 de Janeiro, o despacho de criação de um grupo de trabalho que deverá elaborar e apresentar o Plano de Ordenamento do Espaço afecto ao Porto Comercial de Faro e ao Cais Comercial.

Esta decisão é justificada por se entender que “a requalificação, a reabilitação e a dinamização das actividades ligadas ao mar do Cais Comercial de Faro assumem-se como um objectivo para criação de uma maior proximidade entre aquele e o restante espaço urbano da cidade de Faro”.

De acordo com o documento, essa equipa vai propor que tipo de actividades específicas e diversificadas devem ser desenvolvidas na área do Mar e apresentar o cronograma para a implementação dos objectivos.

Terá, igualmente, a seu cargo a responsabilidade de proceder às avaliações económico-financeira e ambiental estratégica do plano, o qual deve ser apresentado até 31 de Março.

Pretende-se que através deste plano seja definido que tipo de infraestruturas ligadas à investigação científica, ao empreendedorismo no âmbito das actividades marítimas, ao recreio, ao desporto náutico e marítimo e ao turismo devem ser criadas naquele espaço.

O grupo de trabalho será coordenado por um representante da Ministra do Mar; por três elementos indicados pela  Câmara Municipal de Faro; um representante da Administração dos Portos de Sines e do Algarve, S. A. (APSS); um representante da Docapesca – Portos e Lotas, S. A. e um elemento indicado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, I. P.

Partilhar: