Dez equipamentos lúdico-culturais públicos e privados do concelho de Lagos passam a fazer parte do programa FUN & KNOW, sendo promovidos em vários suportes de comunicação e estabelecimentos hoteleiros para que os turistas saibam que existem e os possam visitar. 

O vice-presidente da Câmara, Hugo Pereira, diz que se trata de uma forma de mostrar que Lagos “não se resume apenas a sol e praia”, mas que disponibiliza muito mais aos seus visitantes, que, por esta via, têm mais oportunidades para se divertirem e, ao mesmo tempo, aumentarem os seus conhecimentos sobre a cultura e história do concelho e da região.

Complementarmente, é uma iniciativa que visa contribuir para que instituições e empresas locais desenvolvam um trabalho em rede que permita que equipamentos “singulares no contexto concelhio” tenham mais visitas e, consequentemente, mais receitas, resultando daí vantagens óbvias para a economia local.

Fazem parte desta rede quatro equipamentos públicos: o Museu Municipal de Lagos, o Núcleo Museológico Fortaleza Ponta da Bandeira, o Núcleo Museológico Rota da Escravatura – Mercado de Escravos e o Centro Ciência Viva de Lagos e seis equipamentos privados: Museu de Cera dos Descobrimentos, Parque Zoológico de Lagos, Wake Salinas – Cable Park, Parque Aventura, Pro Putting Garden e o Woop – Fun for All.

O autarca espera que, a estes se juntem, proximamente, outros equipamentos que tornem ainda mais aliciante esta oferta turística e contribuam para “a criação de sinergias em prol da promoção de Lagos como destino turístico de excelência e atenuar a sua sazonalidade.”

Partilhar: