O velho edifício do Hotel Golfinho, situado a dois passos da Praia D. Ana, em Lagos, vai ter nova vida. O imóvel foi, durante décadas, um dos ícones da hotelaria lacobrigense, mas há muito que se encontra sem uso e a degradar-se.

Recentemente, foi adquirido pelo IR Group e encontra-se em fase de recuperação, um processo que deverá desenvolver-se até ao primeiro trimestre de 2020.

Ao mesmo tempo, a empresa encontra-se a comercializar os 279 quartos do edifício, prometendo aos futuros investidores uma rentabilidade de 7% a 10% e com a possibilidade de os venderem de volta ao fim de 5 anos. Para além disso, terão a possibilidade de utilizar os quartos para 15 dias de férias anuais ao longo dos primeiros 15 anos.

Uma vez recuperado, o imóvel ficará com o estatuto de hotel de quatro estrelas e deverá ser explorado por um grupo hoteleiro. Para além dos quartos, disporá de áreas comuns, como restaurante, piscina, health club, circuito SPA, jardim Zen, sala de eventos, kid’s club com serviço de baby-sitting e parque de estacionamento.

Partilhar: