O Município de Silves informa que foi prorrogado o prazo do concurso público destinado à reabilitação do Casino de Armação de Pêra e concessão do direito de exploração de área de restauração e bebidas nesse mesmo espaço. A data limite de entrega de propostas passa agora a ser o dia 31 de outubro, até às 17h00.

Em comunicado, a autarquia acrescenta que os particulares (pessoas singulares ou coletivas) que pretendam participar deverão apresentar uma proposta instruída, entre outros documentos, com um estudo prévio de reabilitação do Casino de Armação de Pêra, que tenha em devida consideração os seguintes termos de referência:

1 – A intervenção urbanística deve focar-se no restauro e reabilitação da imagem e função do edifício do Casino de Armação de Pêra, património cultural de interesse municipal, para que volte a constituir um polo referencial na Frente-Mar de Armação de Pêra, otimizando-se a sua utilização e fruição pública. O edifício é térreo e dispõe de um piso em cave, apresentando 888,00 m2 de área bruta de construção e 831,30 m2 de área útil. Neste sentido, o programa funcional do edifício, por via do seu restauro e reabilitação, deve considerar, designadamente, a instalação de:

  • Espaço multiusos de vocação cultural, para instalação de pequena biblioteca/espaço de leitura, que permita a realização de atividades educativas, pedagógicas, culturais, artísticas, recreativas e lúdicas, com uma área mínima de, pelo menos, 85,00 m2, munido de acesso independente e equipado com instalações sanitárias. Este espaço será ocupado e dinamizado pelos serviços do Município de Silves.
  • Posto de turismo, que integre as funções necessárias, munido de acesso independente, com uma área útil de aproximadamente 60,00 m2. Este espaço será ocupado e dinamizado pelos serviços da Região de Turismo do Algarve.
  • Estabelecimento de restauração e bebidas, com o inerente espaço comercial, instalações sanitárias, arrecadação, e dotado de uma sala de espetáculos polivalente, com camarins, que permita a realização de concertos, animações, conferências, palestras e formações, na restante área útil do edifício. Este espaço será objeto da concessão do direito de exploração a favor do particular que vencer o concurso público para adjudicação da empreitada de reabilitação do Casino e concessão do direito de exploração de área de restauração e bebidas.
Partilhar: