A Câmara de Portimão vai transferir, este ano, 450 mil euros para a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Portimão, uma verba superior em 50 mil euros à atribuída em 2016 aos ‘soldados da paz’ portimonenses.

O respectivo contrato-programa foi assinado esta Segunda-feira, 19 de Fevereiro, no decorrer de uma visita ao concelho do Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

No âmbito do quadro de cooperação na vertente da Protecção Civil foram, ainda, atribuídos 25 mil euros à Cruz Vermelha de Portimão e 5 mil aos Escutas do concelho.

No primeiro caso, a verba destina-se a financiar a manutenção de uma força mínima em reacção ao estado de alerta especial e à qualificação dos recursos humanos no reforço da capacidade de resposta e mobilização em operações de protecção civil e socorro.

No que diz respeito à verba atribuída aos Escutas de Portimão, ela tem como finalidade garantir que aquela instituição tem capacidade de preparação e transporte do apoio alimentar para os operacionais empenhados em operações de protecção e socorro bem como uma reserva permanente de kits individuais de emergência.

Partilhar: