Na tarde desta quinta-feira, 5 de dezembro, foi entregue pela primeira vez o Prémio Municipal de Voluntariado, em Portimão, tendo sido distinguido o projeto ‘Barbearia Social’, da Cáritas Paroquial de Nª Sr.ª da Conceição – Matriz de Portimão.

A cerimónia, integrada nas comemorações do Dia Internacional do Voluntariado, teve lugar no auditório do Museu de Portimão após a mesa-redonda “Voluntariado em Portimão – Um ato de cidadania”.

Na sua intervenção, Isilda Gomes afirmou que subscreveu a proposta de criação do Prémio Municipal de Voluntariado “como forma de reconhecer e recompensar o empenho de cidadãos e entidades, cujo trabalho é de relevante interesse social e de impacto muito visível na nossa comunidade.” 

A autarca defendeu que, “para além do apoio anual destinado às associações, deve existir um prémio especial para quem dá tanto de si sem pedir nada em troca”, porque somos um Município solidário”. A propósito, enalteceu “o magnífico papel do associativismo local, no apoio àqueles que mais precisam e que vivem em completo abandono.”

O projeto “Barbearia Social” distinguido com o Prémio Municipal do Voluntariado deverá funcionar nas instalações da Cáritas de Portimão e pretende criar as condições para a abertura de uma barbearia acessível a todos aqueles que dela queiram usufruir, com vista a fomentar a integração social através da mudança de imagem, facilitando a sua integração no mercado de trabalho.

O júri do Prémio Municipal de Voluntariado, de entre as oito candidaturas admitidas na categoria coletivo, decidiu ainda atribuir uma menção honrosa ao projeto ‘Filhos de Ninguém’, da Associação Elos de Esperança.

Partilhar: