O presidente da Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL), Álvaro Viegas, considera que o ano de 2017 foi “um ponto de viragem onde foram dados passos muito importantes para garantir a sustentabilidade” da entidade que dirige.

Ao longo dos últimos 12 meses assistiu-se “ao aumento do número de associados activos”, bem à criação de novos serviços, o que faz com que, actualmente, a ACRAL seja “uma associação mais activa, mais presente e mais assertiva na defesa dos interesses do Comércio e Serviços da região do Algarve”.

Em 2018, garante Álvaro Viegas, “pretendemos manter esta linha de crescimento e serão lançados vários projectos que irão beneficiar de sobremaneira os nossos associados. Sabemos que os desafios e obstáculos são grandes mas tudo faremos para defender os interesses comuns dos associados, seu prest­ígio e dignificação”.

Partilhar: