Volume de negócios do comércio a retalho cresce 4,5%

O índice de volume de negócios no comércio a retalho registou uma taxa de variação homóloga de 4,5% em fevereiro, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Trata-se de um abrandamento de 0,8 pontos percentuais no crescimento face ao mês anterior, em que o aumento homólogo havia sido de 5,3%.

De acordo com aquele organismo, “a desaceleração do índice total foi determinada pelo agrupamento dos Produtos Alimentares que desacelerou 2,4 p.p., mais que compensando a aceleração de 0,4 p.p. do agrupamento dos Produtos Não Alimentares. As variações homólogas destes agrupamentos foram 3,4% e 5,4% em fevereiro, respetivamente”.

O INE adianta, também, que “comparando com o mês anterior, as vendas no comércio a retalho diminuíram 1,0% . As variações em cadeia dos agrupamentos de Produtos Alimentares e Produtos não Alimentares foram, respetivamente, -1,5% e -0,6% (-1,6% e 3,7% em janeiro)”.

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Campanha-solidaria-do-municipio-de-Lagos

Campanha solidária do município de Lagos soma cerca de 1 milhão de visualizações

Oito-distritos-do-continente-sob-aviso-amarelo-devido-a-agitacao-maritima

Oito distritos do continente sob aviso amarelo devido à agitação marítima

Camara-de-Lagos-desagregacao-da-Uniao-de-Freguesias-de-Bensafrim-e-Barao-de-S.-Joao

Câmara de Lagos emitiu parecer favorável à desagregação da União de Freguesias de Bensafrim e Barão de S. João