Taxa de juro dos créditos à habitação aumenta


A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação aumentou, em agosto, 0,1 pontos base (p.b.) face ao observado em julho, para 1,039%, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE).
O aumento é maior nos contratos celebrados nos últimos três meses, tendo, nestes casos, a taxa de juro aumentado 2,7 p.b. no mês em análise, para 1,498%, acrescente este organismo.
Pelas contas do INE, considerando a totalidade dos contratos, “o valor médio da prestação vencida manteve-se em 242 euros”. Deste valor, “45 euros (19%) correspondem a pagamento de juros e 197 euros (81%) a capital amortizado”.
Nos contratos celebrados nos últimos 3 meses, “o valor médio da prestação subiu 15 euros em agosto, para 323 euros”.
Em agosto “o capital médio em dívida para a totalidade dos contratos aumentou 68 euros face ao mês anterior, fixando-se em 52 084 euros. Para os contratos celebrados nos últimos 3 meses, o montante médio do capital em dívida subiu 616 euros para 98 374 euros”, pode, ainda, ler-se no documento.

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

IMG_2-2

“Moda Tavira 2022” regressa para dinamizar o comércio local

Município de Faro Gabinete de Apoio ao Idoso

Município de Faro celebra 10 anos do Gabinete de Apoio ao Idoso

Municipio-de-Lagos-apresenta-plano-fiscal-

Arranca novo concurso para atribuição de bolsas de estudo pela Câmara Municipal de Lagos