Os portugueses deverão sentir um ligeiro alívio na factura da electricidade, no próximo ano. A recomendação da Entidade Reguladora dos Serviços Energético (ERSE), divulgada esta Sexta-feira, é que haja uma descida de 0,2%.

O Governo, através do secretário de Estado da Energia veio, de imediato, e em comunicado, congratular-se com essa decisão, e “assinala com apreço a descida, pela primeira vez, nos últimos 18 anos, da tarifa de electricidade destinada às famílias.”

Para este responsável governamental, para isso muito contribuíram as medidas constantes do pacote legislativo implementado pelo executivo. Graças a elas “esta é a segunda vez consecutiva que os consumidores nacionais beneficiam deste pacote legislativo com vista a controlar custos do sistema eléctrico.”

Isto porque, refere,”o aumento de 1,2% dos preços da electricidade, verificado em 2017, foi o menor desde o início da liberalização do mercado, situando-se já, pela primeira vez, abaixo da inflação, o que se traduziu num ganho de poder de compra para as famílias e no aumento de competitividade para as empresas.”

Partilhar: