Foi inaugurado e está em pleno funcionamento o passadiço pedonal da praia de Monte Gordo, que custou um milhão de euros e estende-se por 3 quilómetros. É iluminado em toda a sua extensão e conta com zonas de descanso, bem como um circuito pedonal e de lazer.

A estrutura foi baptizada como Passeio Marítimo Dr. António Almeida Santos, em homenagem ao ex-presidente da Assembleia da República, frequentador assíduo daquela localidade.

Esta foi a primeira fase de um projecto que, posteriormente, vai desenvolver-se até à praia de Santo António (perto da foz do Rio Guadiana, em VRSA). O prolongamento do passadiço está orçamentado em um milhão de euros e terá mais 4 quilómetros de extensão. Uma vez terminado, garante, em comunicado, a Câmara de Vila Real de Sto. António, “será o maior do Algarve e um dos mais extensos do país.”

Além do acesso ao areal, o equipamento garante, este Verão, o acesso a todos os apoios de praia existentes em Monte Gordo, que poderão funcionar normalmente até ao dia 15 de Outubro.

Após essa data, os concessionários terão até ao dia 8 de Fevereiro de 2018 para demolir as antigas estruturas e proceder à construção das novas, que ficarão ao mesmo nível do passadiço e possuirão uma arquitectura uniformizada.

 

Ao nível ambiental, será ainda recuperado o cordão dunar da praia, enquanto as construções a implementar serão sobrelevadas, de forma a evitar o pisoteio, e obedecerão a materiais e projectos sustentáveis.

A reabilitação da praia de Monte Gordo junta-se ao processo de requalificação da frente de mar (calçadão), promovido pela autarquia de VRSA e avaliado em 2,2 milhões de euros.

O passadiço será comparticipado pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos e pela Agência Portuguesa do Ambiente.

Partilhar: