Mais de 100 concelhos de 14 distritos em risco máximo de incêndio

Mais de uma centena de concelhos de 14 distritos de Portugal continental apresentam hoje um risco máximo de incêndio, indicou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em risco máximo estão mais de 100 concelhos dos distritos de Leiria, Santarém, Portalegre, Castelo Branco, Coimbra, Viseu, Guarda, Aveiro, Porto, Vila Real, Viana do Castelo, Braga, Bragança e Faro.

O IPMA colocou também vários concelhos de todos os distritos de Portugal continental em risco muito elevado e elevado de incêndio.

Este risco, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, aguaceiros dispersos e pouco frequentes, períodos de chuva no litoral norte e centro a partir do final da tarde e possibilidade de ocorrência de trovoada.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante sul, sendo temporariamente moderado durante a tarde, e moderado a forte com rajadas até 75 quilómetros por hora nas terras altas.

A previsão aponta ainda para a possibilidade de formação de neblina ou nevoeiro matinal, pequena subida da temperatura mínima e pequena descida da máxima.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 16 graus Celsius (em Braga e Viana do Castelo) e os 20 (na Guarda e Castelo Branco) e as máximas entre os 26 (em Viana do Castelo) e os 33 (Braga, Castelo Branco e Évora).

Lusa

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Ferrovia de alta velocidade entre Faro e Sevilha

Presidente da CCDR Algarve quer ferrovia de alta velocidade entre Faro e Sevilha

Trabalhadores das empresas de distribuição em greve na 6.ª-feira

Trabalhadores das empresas de distribuição em greve na 6.ª-feira

“Moda Tavira 2022” regressa para dinamizar o comércio local

Encontram-se abertas as candidaturas à porta 65 jovem – Arrendamento por Jovens