Mais 32 postos de abastecimento de veículos eléctricos para o Algarve

O Algarve vai contar com mais 32 pontos de carregamento de veículos eléctricos, 2 para cada um dos 16 municípios da região.

O protocolo que deu o ‘pontapé-de-saída’ ao processo foi assinado no Autódromo Internacional do Algarve, no decorrer do seminário «Next.mov – Smart Region Summit», que, promovido pela AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), teve como objectivo discutir soluções para a ‘nova mobilidade’ que se deseja para a região.

Esta decisão indica que os autarcas da região sinalizam que a ‘nova mobilidade’ passa, em boa medida, por veículos eléctricos que, aos poucos, irão substituir os que são movidos a gasóleo e gasolina.

Na ocasião, o presidente da AMAL, Jorge Botelho, destacou o facto de todos os 16 presidentes de Câmara estarem unidos, não só neste como em muitos temas, o que significa que acabou o tempo em que cada um limitava-se a gerir a sua ‘quintinha’ sem coordenar posições com os restantes autarcas da região.

Nesta altura, assegurou Jorge Botelho, “há uma visão regional sobre o desenvolvimento que queremos para a região”, o qual passa por manter o turismo de sol e praia como motor da economia, mas que passa por apostar em diversos nichos de mercado turístico e também por outras áreas de actividade, como as ligadas ao mar e a agricultura que, nos últimos anos, tem mostrado grande dinâmica, com a entrada de novos empresários, muitos dos quais jovens e bem preparados.

Um dos motes mais repetidos ao longo dos dois dias que durou este seminário, é a necessidade da inclusão das novas tecnologias em todo o tipo de negócios, uma vez que são uma grande mais-valia e darão às empresas algarvias uma grande vantagem competitiva.

Uma das vertentes desta iniciativa foi, exactamente, uma exposição na qual participaram dezenas de empresas, a esmagadora maioria com actividade na região, que promoveram os seus produtos e serviços e permitiram constatar que estão bem apetrechadas, do ponto de vista técnico, muitas delas dando cartas, em termos tecnológicos, às melhores do país, nas respectivas áreas de actividade.  

Textos relacionados:

Um euro de taxa turística para acabar de vez com as portagens na Via do Infante

Colocar a tecnologia ao serviço das pessoas 

“O Algarve tem que viver cada vez menos da sazonalidade”

 

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

“Moda Tavira 2022” regressa para dinamizar o comércio local

Encontram-se abertas as candidaturas à porta 65 jovem – Arrendamento por Jovens

IMG_2-2

“Moda Tavira 2022” regressa para dinamizar o comércio local

Município de Faro Gabinete de Apoio ao Idoso

Município de Faro celebra 10 anos do Gabinete de Apoio ao Idoso