As pequenas e médias empresas vão ter possibilidade de reduzir a sua factura energética. É, pelo menos, esse o objectivo do projecto apresentado esta Quinta-feira, 6 de Abril, pela Associação Industrial Portuguesa (AIP).

Trata-se de uma plataforma de leilões digitais para a negociação de compras, nesta primeira fase, de energia, mas que, posteriormente, se pretende venha a estender-se a outras áreas.

O projecto foi apresentado pelo presidente da AIP, José Eduardo Carvalho, que acredita que, “por via do aumento da capacidade negocial agregada das empresas” será possível baixar custos operacionais que têm um peso relevante na actividade de qualquer unidade empresarial.

A plataforma já se encontra em funcionamento, devendo os interessados inscrever-se, gratuitamente, em e.util através do preenchimento de um formulário.

Posteriormente, serão promovidos leilões periódicos, sendo os responsáveis de cada empresa inscrita notificados da sua inclusão num determinado lote, competindo-lhe confirmar ou não o interesse em nele participar. Serão incluídas em cada lote as empresas que tenham  necessidades similares ou especificas do seu sector de actividade.

Partilhar: