Faro está na rota de projecto nacional de criação de startups

Faro é uma das 12 cidades do país que fazem parte do Tourism Explorers, um projecto nacional de criação e aceleração de novas startups que promovam soluções inovadoras para o sector do turismo.

Lançado pelo Turismo de Portugal e pela Fábrica de Startups, o programa prevê acolher, ao longo de dois meses, um total de 500 pessoas, que se distribuirão por 50 equipas para trabalharem, cada uma delas, num projecto.

O projecto é dividido em duas fases. Na primeira, a decorrer entre 5 e 9 de Junho, os participantes vão aprender a identificar um segmento de mercado, a caracterizá-lo, a encontrar os principais desafios que estes enfrentam, a fazer entrevistas para identificar problemas e definir novas soluções, estimando o seu valor, processo que vai resultar na definição do modelo de negócio.

A partir de 19 de Junho e até 4 de Agosto desenvolve-se a fase de aceleração em que participarão as equipas e projectos seleccionados na fase anterior. Neste período, haverá 8 bootcamps semanais, focando-se as equipas no desenvolvimento, teste e validação dos modelos de negócio. A apresentação final dos projectos e selecção dos vencedores terá lugar no dia 4 de Agosto. 

Ao longo do programa, os participantes vão poder falar e aconselhar-se com formadores e mentores e aceder às metodologias FasIdeation e FastStart, da Fábrica de Startups, que têm vindo a ser testadas no desenvolvimento de novos negócios.

Este projecto também tem parceiros nas 12 cidades em que vão decorrer, sendo que, em Faro, a escolhida foi a Escola de Turismo local. Os interessados podem ver todos os pormenores sobre o programa e fazer as respectivas candidaturas até 24 de Maio em: www.tourismexplorers.pt.   

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

concurso de fotografia de Lagos

Recuperação de ecossistemas destacada em concurso de fotografia de Lagos

Catorze distritos em aviso amarelo

Catorze distritos em aviso amarelo por causa do calor

REDES_Apoios pecuaria

Apoio extraordinário aos criadores das espécies bovina, ovina, caprina e equídeos afetados pelos incêndios rurais