Faro | Conversas e demonstrações artísticas marcam “Estúdio Quintalão”

Iniciativa da Câmara Municipal de Faro foi inaugurada com emissão sobre “Cultura Motociclista em Faro”. A sua última sessão teve lugar na terça-feira, sobre “Cultura e o seu papel no desenvolvimento do território”. Todas as edições continuam disponíveis para serem vistas nas redes sociais do Município de Faro.

A Câmara Municipal de Faro promoveu, desde o dia 19 de julho até à passada terça-feira, 8 de setembro, um conjunto de oito emissões do “Estúdio Quintalão”.

O projeto, que consiste na montagem de um estúdio ao ar livre em que um moderador recebe convidados da autarquia, serviu para estimular conversas, partilhas e debates, dando simultaneamente palco a algumas das instituições que constituem o movimento associativo do concelho. Os programas foram transmitidos em direto – e mantêm-se disponíveis – nas redes sociais (Facebook e YouTube) da Câmara Municipal de Faro.

A emissão inaugural foi dedicada à “Cultura Motociclista em Faro”, no dia 19 de julho, assinalando também o dia em que encerraria aquela que seria a 39ª edição da Concentração Internacional de Motos.

Seguiram-se emissões sobre “O Potencial da Ria Formosa” (26 de julho), “Artes e Novos Espaços Culturais” (2 de agosto), o “Mundo em Faro – À conversa para perceber o porquê de Faro como opção” (9 de agosto), “Tradições do concelho” (18 de agosto), “O Mundo da Dança” (25 de agosto), “Desporto – Atividades Desportivas e de formação no concelho” (1 de setembro) e ”Cultura como Oportunidade – O seu papel no desenvolvimento territorial” (9 de setembro).

Esta iniciativa decorreu no Quintalão, da Cidade Velha, por reunir as condições ideais para acolher este tipo de formato e por ser também um local icónico do Festival F: o palco Quintalão. Simultaneamente, este espaço permitiu também o cumprimento integral de todas as diretivas de segurança e higiene e distanciamento social emanadas pela Direção-Geral de Saúde (DGS). Além dos participantes em cada emissão, o Estúdio Quintalão recebia apenas um número limitado de convidados por parte das instituições que estejam presentes em cada programa.

Ao longo de todas estas edições, além de conversas diversificadas e interessantes, o Estúdio Quintalão acolheu também várias atuações e demonstrações de dança, música, teatro, arte urbana, desporto, show cooking, artes tradicionais ou outras expressões que se enquadrassem no tema da emissão.

O “ESTÚDIO QUINTALÃO” EM NÚMEROS:

– Participaram 36 associações/entidades;

– Foram feitas 56 entrevistas;

– Contámos com 15 performances;

– Estiveram presentes 100 convidados;

– Cerca de 40 000 visualizações nas redes do Município até ao momento (Facebook e YouTube).

 

Com esta iniciativa, o Município pretendeu dar espaço e voz ao movimento associativo, sem comprometer a saúde e segurança pública, especialmente num ano em que muitas associações do concelho tiveram uma paragem abrupta ou redução das suas atividades devido à pandemia por Covid-19. Apesar da situação que vivemos, a autarquia reforçou também o apoio ao associativismo e espera que as associações do concelho, nas mais variadas áreas, possam poder continuar a dinamizar de forma fundamental a cidade e o concelho, contribuindo para o desenvolvimento social, cultural e desportivo das várias gerações de munícipes farenses.

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Empréstimos à habitação (1)

Empréstimos à habitação com taxa de juro média acima de 2% pela 1.ª vez desde maio de 2016

Município de Lagoa celebra o Dia Municipal para a Igualdade

Município de Lagoa celebra o Dia Municipal para a Igualdade

Portugal eleito Melhor Destino Turístico da Europa

Portugal eleito Melhor Destino Turístico da Europa pela 5.ª vez em seis anos