A Câmara de Lagoa vai instalar, na zona central da cidade, um Gabinete de Apoio para a divulgação e consultadoria a candidaturas relacionadas com o Plano de Acção de Regeneração Urbana (PARU) de Lagoa.

A autarquia já garantiu financiamento para o efeito de 46.435 euros, prevendo-se que este projecto tenha um custo total de 125 mil euros.

A edilidade lagoense viu aprovadas mais duas outras candidaturas a fundos comunitários, relativas a obras que estão praticamente concluídas. Uma delas é a de requalificação da Rua Coronel Figueiredo, Praça da República, Rua Dr. Manuel de Arriaga e Largo Alves Roçadas, que exigiu um investimento de 599 mil euros que, agora, vai ser comparticipado, em parte (389 mil), pelo PO CRESC Algarve 2020.

A outra obra é a de requalificação do Jardim 5 de Outubro, que custou 180 mil euros, a qual contará com uma participação comunitária de 28.300 euros.

No total, a autarquia vai receber 464 mil euros para um investimento total de 904 mil euros.

Esta verba pode vir a ser substancialmente aumentada, pois, caso haja disponibilidade de fundos, por outras candidaturas não serem concretizadas, a intervenção de requalificação da Rua Dr. Ernesto Cabrita e Largo do Município, no valor global de 470 mil euros, terá comparticipação comunitária de 305 mil euros.

Partilhar: