Câmara de Vila Real de Sto. António toma medidas de contenção da despesa

A Câmara de Vila Real de Sto. António anuncia, em comunicado, ir tomar de “medidas estruturantes tem como objetivo estabilizar e consolidar a situação financeira do município”.

As medidas que vão avançar resultam de um trabalho de vários meses, em que “foram auditados todos os processos e dossiês da edilidade, o que permitiu ter uma perspetiva global das reais necessidades do concelho, assim como um conhecimento rigoroso do valor total da dívida contraída e herdada”.
Isto levará a “uma escolha criteriosa dos investimentos a realizar nos próximos anos, condicionando o endividamento excessivo, mas mantendo o funcionamento das atribuições da Câmara Municipal”.
Da mesma forma, “estão a ser criados novos regulamentos para que áreas como a ação social possam responder às necessidades de quem realmente necessita de apoio”.
As medidas de contenção passam pela “redefinição da política de apoio aos clubes e associações, que será mais justa e transparente, a otimização da rede de transportes, ou a redução da política de eventos, sem deixar de promover a existência de uma agenda cultural”.
A presidente da autarquia, Conceição Cabrita, diz que “não seria justo sobrecarregar a população com este esforço, por isso as principais mudanças serão maioritariamente aplicadas ao nível interno da Câmara Municipal para que o futuro da nossa terra se mantenha equilibrado e responsável”.

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

Campanha-solidaria-do-municipio-de-Lagos

Campanha solidária do município de Lagos soma cerca de 1 milhão de visualizações

Oito-distritos-do-continente-sob-aviso-amarelo-devido-a-agitacao-maritima

Oito distritos do continente sob aviso amarelo devido à agitação marítima

Camara-de-Lagos-desagregacao-da-Uniao-de-Freguesias-de-Bensafrim-e-Barao-de-S.-Joao

Câmara de Lagos emitiu parecer favorável à desagregação da União de Freguesias de Bensafrim e Barão de S. João