Avança a requalificação e valorização do troço de costa entre o Farol da Ponta da Piedade e a Praia do Pinhão

A intervenção, que teve início neste mês de abril, corresponde à 2.ª fase – Componente 2 da empreitada e vai intervir nas acessibilidades e estacionamentos, prolongamento do circuito de passadiços, criação de miradouros seguros, melhoria da iluminação pública e promoção da requalificação paisagística da área envolvente. A obra envolverá condicionamentos de circulação automóvel na via.

Considerado um dos troços mais emblemáticos da costa portuguesa, a intervenção passa pelas estratégias da autarquia em conservar e valorizar aquele que é também um dos ex-libris do concelho de Lagos. Com um prazo de execução de 360 dias e cofinanciamento pela União Europeia – FEDER – Portugal 2020 – CRESC Algarve 2020, a empreitada tem um valor de 2 404 895 € (acrescido de IVA) e tem como objetivos o reordenamento do acesso viário e estacionamento, privilegiando a mobilidade suave e pedonal; renovação e melhoria da iluminação pública; continuação dos passadiços – ligação entre a 1.ª e a 2.ª fase (na envolvente do Farol da Ponta da Piedade) e prolongamento até à Praia do Pinhão; e construção de escadaria de madeira para acesso à Praia do Pinhão. De abril a agosto/setembro, os trabalhos irão incidir, sobretudo, no troço da via entre o cruzamento da Praia do Camilo (onde irá nascer uma nova rotunda) e a Ponta da Piedade. De setembro em diante, a intervenção decorrerá no troço da via entre o nó de acesso à Praia D. Ana e a rotunda viária do Camilo.

Na componente viária, o projeto a implementar prevê que o acesso à parte final da Estrada da Ponta da Piedade passe a ser destinado apenas a viaturas de serviço do Farol, de abastecimento de mercadorias e situações de emergência, eliminando as bolsas atualmente em utilização. Igual critério será aplicado ao atual acesso à Praia do Camilo, que será convertido em via de acesso condicionado, terminando em miradouro. Em alternativa, serão construídos dois novos parques de estacionamento: um situado no cruzamento de acesso à Praia do Camilo (capacidade para 56 veículos ligeiros), e um segundo parque, que servirá a Ponta da Piedade (dimensionado para 150 veículos ligeiros e 10 autocarros de turismo). A estrada terá também um novo perfil, com duas faixas de rodagem, ciclovia adjacente à estrada e um passeio lateral para peões, que, nalguns troços, serão partilhados.

Naturalmente, a obra irá envolver condicionamentos ao trânsito, devidamente sinalizados, sendo que para que os trabalhos decorram com toda a normalidade, celeridade e segurança, a Câmara Municipal de Lagos apela a todos os residentes e visitantes que evitem a circulação automóvel na zona de intervenção, utilizando, em alternativa, as infraestruturas (passadiços) já existentes e optem pela circulação pedonal. No caso dos autocarros turísticos em visita à Ponta da Piedade, deverão largar e recolher os seus passageiros na Praia D. Ana, que acedem, nesse local, ao passadiço pedonal já existente em direção à Praia do Camilo e ao Farol.

A beleza única da paisagem deste troço de costa e as infraestruturas que, no local, estão a ser criadas têm atraído cada vez mais visitantes. De acordo com os números apurados pelo sistema instalado aquando da execução da 1.ª fase de intervenção, mais de 1,8 milhões de pessoas já passearam nos passadiços da Ponta da Piedade.

Câmara Municipal de Lagos

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

banner-ni-20240301

Município de Lagoa do Algarve Brilha na Bolsa de Turismo de Lisboa 2024

agitação marítima

IPMA coloca sete distritos sob aviso laranja devido à agitação marítima

IMG_7079

Obras do concelho de Faro foram distinguidas com o prémio de arquitetura do Algarve

Diretor:
Miguel Ângelo Morgado Henriques Machado Faísca
Nº de inscrição na ERC:
124728