Terminou este Domingo, em Portimão, o 55º Open de Portugal@Morgado Golf  Resort, prova que juntou alguns dos melhores jogadores mundiais da modalidade.

Este é um evento de grandes tradições e factor de promoção turística da região algarvia que, contudo, já não se realizava há 7 anos. 

Essa importância não só para o turismo da região, mas também para “a economia do país”, foi destacado, na cerimónia de encerramento, pelo ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, que se mostrou satisfeito pelo regresso da prova e manifestou o desejo de que se mantenha.

Este torneio, que contou com uma dotação de meio milhão de euros para prémios, foi vencido pelo inglês Matt Wallace, que liderou desde a primeira volta e totalizou 271 pancadas, 21 abaixo do Par, batendo por 3 pancadas o norte-americano Julian Sur.

Trata-se do seu primeiro título do European Tour na palmarés deste profissional, de 27 anos, que já tinha ganho oito títulos como profissional de golfe, mas em divisões menores, designadamente seis no ano passado, quando militava no Alps Tour, uma das terceiras divisões europeias.

O português melhor classificado foi Filipe Lima, que terminou na 22ª posição da classificação, com 283 pancadas, 9 abaixo do Par.

O Open de Portugal @ Morgado Golf Resort foi organizado pelo Grupo Nau Hotels & Resorts, pela FPG e pela PGA de Portugal. Conta para o ranking mundial, a Corrida para o Dubai do European Tour e a Corrida para Omã do Challenge Tour.

Partilhar: