Os agricultores que foram afetados pelo grande incêndio de Monchique têm mais 30 dias para se candidatar aos apoios disponibilizados pelo Governo, o que significa que o podem fazer até 31 de outubro.

Em comunicado, o Ministério da Agricultura anunciou ter tomado a medida, tendo em conta os pedidos que, nesse sentido, lhe foram feitos por parte da Câmara Municipal de Monchique, da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Algarve e da Cooperativa dos Agricultores de Monchique.

No documento refere-se que “são elegíveis investimentos a partir de 100 euros e até 800 mil, com níveis de apoio distribuídos da seguinte forma: 100% até 5.000 euros; 85% entre 5.001 e 50.000 euros; 50% entre 50.001 e 800.000 euros”.

Para o efeito estão disponíveis 5 milhões de euros, “montante que será reforçado caso se revele necessário, para dar resposta a prejuízos de todos os agricultores das freguesias afetadas pelo incêndio que apresentem candidaturas”, informa o Ministério.

Partilhar: