A ACRAL – Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve solicitou, com carácter de urgência, uma reunião de trabalho com o Comando da Esquadra de Olhão para partilhar e verificar em conjunto a viabilidade de um conjunto de ideias da associação para minimizar e combater a onda de assaltos e vandalismo registada na baixa comercial da cidade.

O presidente da ACRAL, Álvaro Viegas, manifestou ao comandante Jorge Domingues a sua “preocupação” face às “últimas ocorrências registadas na baixa comercial de Olhão, onde diversos estabelecimentos comerciais foram vandalizados e assaltados”.

Para o dirigente associativo, estas ocorrências constituem uma “ameaça” que “prejudica gravemente os empresários” com lojas naquela zona, assim como a imagem do próprio concelho de Olhão”.

Nesse sentido, Álvaro Viegas solicitou “o agendamento de uma reunião de trabalho, com a maior brevidade”, para analisar e propor soluções suscetíveis de resolver o problema.

Partilhar: