Mais 1030 camas turísticas para Faro

A Câmara de Faro quer aumentar a oferta hoteleira do concelho e, com esse objectivo, publicou, esta Segunda-feira, 3 de Julho, concurso para a concretização de um Núcleo de Desenvolvimento Turístico (NDT).

O documento não define o local específico onde este núcleo vai instalar-se, apenas refere que ficará  fora dos aglomerados urbanos.

O caderno de encargos deste concurso indica que o futuro NDT pode ser constituído por hotéis de 4 e 5 estrelas, isolados ou integrados em conjuntos turísticos; aldeamentos turísticos, também de 4 e 5 estrelas, integrados em conjuntos turísticos, e ainda pousadas. O limite máximo de camas turísticas é de 1.030.

O documento também determina que a densidade bruta máxima correspondente a cada área urbanizável não deve ser superior a 60 camas por hectare, podendo ser de 100 camas por hectare em parcelas ocupadas exclusivamente com hotéis e pousadas. No entanto, caso se instale em áreas classificadas, a densidade máxima será de 20 camas por hectare, podendo ser de 30 camas por hectare em parcelas ocupadas exclusivamente com hotéis e pousadas.

Os interessados têm, agora, 90 dias para apresentar propostas à autarquia. Uma vez ultrapassada essa fase e a de escolha, a entidade que ganhar o concurso para a ter 84 meses – ou seja, 7 anos – para executar o contrato.

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Artigos Relacionados

concurso de fotografia de Lagos

Recuperação de ecossistemas destacada em concurso de fotografia de Lagos

Catorze distritos em aviso amarelo

Catorze distritos em aviso amarelo por causa do calor

REDES_Apoios pecuaria

Apoio extraordinário aos criadores das espécies bovina, ovina, caprina e equídeos afetados pelos incêndios rurais