Em Novembro, o Índice de Volume de Negócios no Comércio a Retalho registou uma variação homóloga de 4,8%, um aumento de 3,1 pontos percentuais (p.p) face ao mês anterior, revela o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Ambos os agrupamentos, Produtos Alimentares e Produtos não Alimentares, apresentaram aumentos, de 2,6 p.p. e de 3,5 p.p., respectivamente, para variações homólogas de 4,8% e 4,7%, pela mesma ordem.

O índice de emprego no comércio a retalho apresentou uma variação homóloga de 3,5% (3,6% no mês anterior) e o índice de remunerações registou um crescimento homólogo de 4,7% (5,0% em Outubro).

 

Partilhar: